fbpx

É possível ter um cachorro e um bebê na mesma casa?

A resposta é sim! Muitos cachorros convivem extremamente bem com bebês e crianças, e, apesar de ser necessário alguns cuidados, é uma amizade que tem tudo para dar certo.

No caso de recém-nascido, é recomendável que você dê alguma roupinha para o animal cheirar, para que ele vá se acostumando a uma nova presença na casa. Quando o bebê chegar ao lar, espere um momento onde ambos estarão calmos para deixar o primeiro contato acontecer entre eles, permitindo que o cachorro se aproxime do pezinho da criança. Com cuidados básicos de higiene e evitando lambidas no rosto ou nas mãos, por exemplo, a convivência costuma ser tranquila. Mas, independentemente de quão boa seja essa relação entre eles, nunca deixe os dois sozinhos, especialmente quando a criança começar a engatinhar! Colocar um portãozinho na entrada do quarto do bebê também pode ser útil para impedir que esse contato aconteça sem supervisão.

Além das vacinas do bebê, é importante que o animal esteja devidamente vermifugado e vacinado também, de acordo com as instruções do veterinário. Se possível, acostume o cachorro a receber toques mais “brutos”, pois há grandes chances de que a criança se apoie ou brinque de forma mais agressiva com ele.

Por último, mantenha a atenção que você costumava atribuir ao cachorro a mesma, pois assim evita que o animalzinho sinta ciúmes ou queira chamar atenção a todo custo – latindo, pulando, uivando – até que alguém interaja com ele!