27/10/2014

Cryopraxis realiza teste molecular que viabiliza a utilização das células-tronco no exterior

Para serem aceitas em tratamentos realizados no exterior, as células-tronco de sangue de cordão precisam passar pelo teste de amplificação dos ácidos nucléicos ou NAAT, na sigla em inglês. O teste molecular detecta os vírus causadores da AIDS e hepatites B e C, mesmo o indivíduo estando no período denominado janela imunológica, que é o intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus e a produção de anticorpos. Por isso, o NAAT complementa os testes sorológicos convencionais.

NAAT

A Cryopraxis é acreditada pela Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB) e esta acreditação internacional exige uma série de procedimentos e exames entre eles o NAAT. A realização de testes altamente sensíveis  e específicos,  além de certificar a confiabilidade da amostra armazenada e trazer mais segurança no resultado, a identificação dos vírus pelo NAAT é mais rápida. O tempo entre a infecção viral e a capacidade de detecção pelo NAAT reduz pela metade a detecção do vírus HIV (AIDS) e em cerca de três vezes no caso dos vírus causadores das hepatites B e C.