fbpx

Cryopraxis participa de Congresso de Regeneração Tecidual em São Paulo

Dra. Carolina Cruz, membro da SGRET e do Conselho Médico-Científico da Cryopraxis

 

Por PRNewswire
15 out 2019, 12h08

RIO DE JANEIRO, 15 de outubro de 2019 /PRNewswire/ — A Cryopraxis, primeiro e maior banco de armazenamento de células-tronco do cordão umbilical e placentário do país, continua investindo no fomento à transformação de pesquisa em produtos e serviços inovadores para a melhoria da vida humana. Dessa vez, a empresa participará do Congresso da Sociedade Brasileira de Regeneração Tecidual (SBRET), nos dias 25 a 26 de outubro, em Campinas, no interior de São Paulo. O encontro visa debater os avanços da Medicina Regenerativa – nos quais princípios de engenharia e de ciências da vida promovem a substituição ou a regeneração de células, tecidos ou órgãos humanos com objetivo de restaurar as funções normais do organismo.

De acordo com a Dra. Carolina Cruz, membro da SBRET e também do Conselho Médico-Científico da Cryopraxis, a empresa tem investido cada vez mais em ciência e tecnologia para oferecer o melhor em coleta e armazenamento além de traduzir pesquisas em produtos e serviços inovadores e capazes de ampliar e melhorar a vida humana.

 

“O congresso é justamente para profissionais de saúde compartilharem o que existe de mais atual em medicina regenerativa, desde a ciência básica até a aplicação destas técnicas no dia a dia. E, como as células-tronco têm sido grandes responsáveis pelos resultados desse setor, devido à alta capacidade de autorrenovação desse tipo de célula e por elas se diferenciarem de outras células, com funções específicas, essa evolução de fato tem gerado uma grande mudança para a realidade clínica. E é pensando nessa revolução na saúde que a Cryopraxis continua acreditando” – explica a Dra. Carolina Cruz.

 

A médica tem participado de diversos encontros, congressos e cursos de especialização para debater o assunto, como o Simpósio da Orthoregen, ocorrido na última semana, na Bahia. Há quase duas décadas, a Cryopraxis incentiva uma grande política de inovação no Brasil, prezando pela promoção de qualificação profissional, da pesquisa e do desenvolvimento em Biotecnologia. A empresa, que compõe um grupo formado também pela Axis Biotec, Silvestre Labs, Cellpraxis e PharmaPraxis, é atualmente responsável pelo congelamento, processamento e armazenamento de amostras de mais de 40 mil clientes, ocupando a liderança absoluta do segmento. A Cryopraxis também é acreditada internacionalmente pela Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB), o que atesta que suas unidades são completamente adequadas para a utilização em centros de transplantes no Brasil e no exterior.

 

Fonte: Revista Veja