Brincadeira sem sustos

Os parquinhos ficam lotados durante as férias escolares e aumentam os casos de acidentes nestes espaços, seja por falta de manutenção e problemas na construção dos brinquedos ou mesmo um pequeno erro de planejamento local. A ONG Criança Segura preparou algumas dicas para ajudar os responsáveis na inspeção desses ambientes, garantindo que os pequenos se divirtam sem maiores problemas. Confira, a seguir, essas dicas e garanta a segurança do seu filho na pracinha do bairro, no condomínio ou no clube.

– Verifique se a estrutura não tem trincas, deformação, afrouxamento ou rompimento.

– Observe o acabamento e examine se há falta de revestimento, ferrugem, corrosão, lascas, etc.

– Veja como está o estado dos componentes consumíveis. Há peças ausentes, deformadas, rompidas, ganchos gastos ou abertos?

– Examine as quinas dos brinquedos. Existem protuberâncias, pontas agudas ou cantos afiados?

– Note se as barras, corrimãos ou barreiras estão vergados, rompidos ou afrouxados.

– Analise se as partes móveis estão com rolamentos gastos, se falta lubrificação ou apresentam emperramento ou barulho excessivo.

– Certifique-se que os pisos, degraus e apoios de pé não tenham partes faltando ou quebradas. A falta de superfície antiderrapante também representa um alerta.

– Observe se os assentos dos balanços estão danificados ou com peças sem firmeza.

– Veja se bueiros, buracos e canais próximos ao local do parquinho estão bloqueados.

– Caso observe alguma situação que possa representar perigo para as crianças, entre em contato com o responsável pelo parquinho ou com a prefeitura da sua cidade.

Share This:

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *